Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Operação Cronos II: Com o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, policiais civis cumprem mandados de prisão por homicídio e feminicídio

Destaque

Operação Cronos II: Com o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, policiais civis cumprem mandados de prisão por homicídio e feminicídio

por publicado: 28/05/2019 15h11 última modificação: 28/05/2019 17h38
Ação foi acompanhada de forma integrada pelos estados a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional do MJSP

Brasília, 28/05/2019 – Com o apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública, policiais civis de todas as regiões do país cumpriram mandados de prisão e de busca e apreensão contra autores de homicídio e feminicídio.

A Operação Cronos II é coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CONCPC) e tem o apoio da Secretaria de Operações Integradas (Seopi) do MJSP. Policiais civis de 21 estados e do Distrito Federal prenderam 881 pessoas por homicídio, 56 por feminicídio, além de apreenderem  31 menores por homicídio.  Até o final do dia de hoje, será divulgado um balanço geral com o resultado da Operação. Clique aqui e veja o balanço final. 

O monitoramento da operação foi  realizado no Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN) do MJSP, em Brasília (DF).  Para o secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Luiz Pontel de Souza, a Operação Cronos II demonstra o sucesso no trabalho integrado entre as forças de segurança pública.

"O trabalho da Secretaria de Operações Integradas, criada na atual gestão, tem o objetivo de utilizar tecnologia e inteligência, reunindo as forças policiais, de forma conjunta e convergente no combate à macrocriminalidade", afirmou o secretário-executivo. 

COLETIVA.jpg

Luiz Pontel ainda disse que é uma preocupação do Ministério trabalhar de forma integrada, visando tirar de circulação criminosos violentos, especificamente autores de homicídio e feminicídio. "Já identificamos presos ligados a facções criminosas", ressaltou.

O presidente do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil (CONCPC), Robson Cândido, destacou que a metodologia empregada é uma evolução. "É o caminho para alcançar o objetivo de trazer paz à sociedade. Até o momento, os números parciais demonstram o sucesso desta política de integração das polícias", assegurou Robson Cândido.

Durante a apresentação dos dados parciais aos jornalistas, o secretário-adjunto da Secretaria de Operações Integradas, José Washington Luiz, garantiu que a operação é exitosa. "Foi implantado na Seopi um Centro Integrado de Comando e Controle nacional e temos utilizado a doutrina de atuação integrada, criada em conjunto com os estados,  em todas as operações, desde o início da criação da Secretaria", reiterou.

coletiva1.jpg

Operação Cronos I

Em agosto do ano passado foi realizada a primeira edição da Cronos, na qual foram presas 2.968 pessoas. Dentre os presos, 42 foram pela prática de feminicídio, 404 por homicídio, 289 por crimes relacionados a Lei Maria da Penha e 1.252 por crimes diversos. Também foram autuados em flagrante 640 indivíduos pelos delitos de tráfico de drogas, posse/porte irregular de arma de fogo, entre outros. Ainda foram apreendidas 146 armas de fogo e aproximadamente 383 quilos de entorpecentes.

 

Conteúdo
Planilha RA Periodo 28_05_2019 - TARDE_17HS (3).pdf by Lisiane da Silva Cardoso — last modified 28/05/2019 17h37