Você está aqui: Página Inicial > Seus Direitos > Política Penal > Notícias DEPEN > Depen revisa projeto arquitetônico para construção de novas unidades do Sistema Penitenciário Federal

Destaque

Depen revisa projeto arquitetônico para construção de novas unidades do Sistema Penitenciário Federal

No workshop, técnicos avaliam as necessidades de alterações para a melhor adequação do atual projeto
publicado: 07/03/2017 16h41 última modificação: 31/03/2017 10h49

             Brasília 07/03/2017 – O projeto arquitetônico para construção de novas unidades do Sistema Penitenciário Federal (SPF) está em fase de revisão pelo Departamento Penitenciário Federal (Depen). A decisão de construir mais cinco unidades de estabelecimentos penitenciários federais foi tomada pelo presidente da República, Michel Temer, com o intuito de minimizar os efeitos da crise nos sistemas penitenciários estaduais.

               Uma das funções do SPF é abrigar presos de alta periculosidade e a sua construção encontra amparo legal na Lei n° 8.072, de 25 julho de 1990 que traz em seu artigo terceiro o seguinte texto: A União manterá estabelecimentos penais, de segurança máxima, destinados ao cumprimento de penas impostas a condenados de alta periculosidade, cuja permanência em presídios estaduais ponha em risco a ordem ou incolumidade pública.

               Com o objetivo de atingir essa meta, está ocorrendo nesta terça (07) o segundo dia do workshop de revisão do projeto arquitetônico das penitenciárias federais. O evento tem como objetivo avaliar as necessidades de alterações arquitetônicas para a melhor adequação do atual projeto, o que deve atender às demandas oriundas das áreas operacionais. A atividade conta com a presença do diretor Executivo do Depen, Luizevane Soares da Silva, da diretora do Sistema Penitenciária Federal, Cintia Rangel Assumpção, do coordenador-geral de Logística, Germínio Zanardo Júnior, dos engenheiros do Núcleo de Engenharia da Diretoria Executiva, diretores e chefes de segurança das Penitenciárias Federais, além de servidores do Depen.

              Segundo Luizevane Soares, o encontro é uma oportunidade única que propicia discutir o atual projeto com a equipe que acompanha e realiza as atividades na ponta e que realmente sabe das necessidades do Sistema Penitenciário Federal, a fim de atualizá-lo às normas técnicas, incorporar novas tecnologias de métodos construtivos e de sustentabilidade.