Você está aqui: Página Inicial > Seus Direitos > Política Penal > Notícias DEPEN > Depen elabora plano de intervenção para auxiliar os Estados no combate à dengue, zika vírus e chikungunya em presídios femininos

Destaque

Depen elabora plano de intervenção para auxiliar os Estados no combate à dengue, zika vírus e chikungunya em presídios femininos

por publicado: 09/03/2017 18h53 última modificação: 09/03/2017 19h01

          Desde 2015, iniciou-se uma crescente epidemia de doenças como a dengue,  zika vírus e chikungunya, o que trouxe responsabilidades para o poder público, em virtude das consequências trazidas por este surto, sobretudo, a incidência de casos de microcefalia em gestantes contaminadas pelo zika vírus. O Estado, diante seu compromisso, geriu políticas públicas de prevenção e acompanhamento deste público.

         Em sua decorrência, no intuito de inserir a população prisional feminina/gestante nestas políticas, o Departamento Penitenciário Nacional-Depen fomentou diversas ações para combater o mosquito Aedes Aegypti neste ambiente prisional. Entre elas, ressalta-se a distribuição de repelentes às gestantes, visto que a vulnerabilidade do público-alvo é ainda mais preocupante que as demais pessoas privadas de liberdade, devido à correlação do zika vírus com casos de microcefalia.

          Para a execução da ação, foram levantados alguns dados, tais como: quantidade de gestantes no sistema prisional, assim como a quantidade de casos de dengue notificados nos Estados. Com base nos dados coletados,  foi feita a distribuição dos repelentes nas unidades.

          Conforme as informações obtidas, foi realizado um plano de atuação do Gabinete do Diretor-Geral do Depen junto à Diretoria do Sistema Penitenciário Federal para viabilizar a doação e distribuição de 4.000 (quatro mil) frascos de repelentes, advindos da Penitenciária Federal de Porto Velho e da Penitenciária Federal de Mossoró.

          Os Diretores das Penitenciárias Federais atenderam prontamente ao pedido, tendo feito os devidos encaminhamentos para que os repelentes fossem distribuídos.

          O quadro descreve o mapeamento realizado pelo Depen:

 

UF

Total de gestantes (2)

 

% de gestantes

Casos notificados de dengue (3)

% de casos notificados

Número de repelentes a serem doados

Frascos por gestante

Penitenciária que vai enviar

AC

242

6

1,10%

429

0,60%

33

5

PFPV

AL

329

2

0,40%

303

0,40%

15

8

PFMOS

AM

680

14

2,50%

360

0,50%

59

4

PFPV

AP

124

8

1,40%

12

0,00%

28

4

PFPV

BA

585

12

2,10%

1.234

1,70%

75

6

PFMOS

CE

1.065

18

3,20%

717

1,00%

82

5

PFMOS

DF

690

7

1,20%

546

0,70%

39

6

PFMOS

ES

1.075

18

3,20%

3.676

5,00%

163

9

PFMOS

GO

831

21

3,70%

4.412

6,00%

193

9

PFMOS

MA

258

5

0,90%

264

0,40%

25

5

PFMOS

MG

2.908

60

10,50%

19.469

26,40%

738

12

PFMOS

MS

1.257

29

5,10%

3.043

4,10%

184

6

PFPV

MT

568

17

3,00%

2.371

3,20%

124

7

PFPV

PA

713

15

2,60%

346

0,50%

62

4

PFPV

PB

603

17

3,00%

1.009

1,40%

87

5

PFMOS

PE

1.838

23

4,00%

3.351

4,50%

171

7

PFMOS

PI

235

8

1,40%

40

0,10%

29

4

PFMOS

PR

1.057

17

3,00%

6.071

8,20%

224

13

PFPV

RJ

1.975

20

3,50%

3.992

5,40%

178

9

PFMOS

RN

667

8

1,40%

785

1,10%

49

6

PFMOS

RO

672

7

1,20%

703

1,00%

44

6

PFPV

RR

172

4

0,70%

23

0,00%

15

4

PFPV

RS

1.812

24

4,20%

305

0,40%

92

4

PFPV

SC

1.048

20

3,50%

513

0,70%

84

4

PFPV

SE

237

4

0,70%

159

0,20%

18

5

PFMOS

SP

12.029

181

31,80%

18.178

24,60%

1.127

6

PFPV

TO

123

5

0,90%

1.561

2,10%

60

12

PFPV

Total Brasil

33.793

570

100%

73.872

100%

4.000

7