Você está aqui: Página Inicial > Seus Direitos > Política Penal > Notícias DEPEN > Agente Federal de Execução Penal faz curso da Escola Superior de Guerra

Destaque

Agente Federal de Execução Penal faz curso da Escola Superior de Guerra

Curso Superior de Inteligência Estratégica (CSIE) 2017 com a participação do Agente Federal de Execução Penal
por publicado: 16/03/2017 14h07 última modificação: 20/03/2017 11h20

Brasília, 16/03/17 – No dia 06 de março, iniciou-se o Curso Superior de Inteligência Estratégica (CSIE) 2017 com a participação do Agente Federal de Execução Penal, Diego do Monte, do Departamento Penitenciário Nacional (Depen). O contato para que o servidor fizesse o curso foi feito por intermédio da Escola Nacional de Serviços Penais (Espen). Segundo o coordenador da inteligência do Depen, Sandro Abel Souza Barrradas, “a Espen forma o gestor público do futuro, com visão para daqui 50 anos”.

O CSIE é um curso regular de pós-graduação da Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro, e o objetivo principal é a preparação de servidores civis e militares para o exercício de funções de inteligência estratégica na administração pública e nos órgãos do Sistema Brasileiro de Inteligência.

A seleção dos 25 estagiários é feita pela própria ESG após a análise curricular dos indicados pelos órgãos de todo o Brasil. De acordo com a ESG, atualmente, o curso apresenta as seguintes características:

  1. as turmas, em sua maioria, são compostas por integrantes dos órgãos que compõem o SISBIN;
  2. as suas atividades transcorrem em todos os dias da semana em horário integral – a duração do curso é de vinte semanas;
  3. a avaliação de desempenho do estagiário é feita pelo exame de diversos trabalhos individuais, em dupla e em grupo;
  4. a formação proporcionada aos estagiários permite capacitá-los a assessorar decisões do mais alto nível da implementação de políticas públicas, com o propósito de minimizar as vulnerabilidades estratégicas.

Esta é a terceira participação do Depen, sendo os estagiários:

2015 – Carlos Eduardo;

2016 – Luiz Eduardo;

2017 – Diego do Monte.