Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Subaru anuncia recall de seis modelos por problemas no airbag

Destaque

Subaru anuncia recall de seis modelos por problemas no airbag

De acordo com as informações da montadora CAOA, a campanha de chamamento abrange 1.457 veículos importados
por publicado: 23/08/2017 18h39 última modificação: 23/08/2017 18h42

Brasília, 23/8/17 - A Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senacon/MJSP) informa que a CAOA Montadora de Veículos Ltda. protocolou campanha de chamamento dos veículos Subaru Legacy, Outback, Tribeca, Forester, Impreza WRX e Impreza STI. O motivo do recall é uma possível falha de vedação na estrutura do insuflador do airbag frontal do lado do passageiro.

De acordo com as informações da CAOA, a campanha de chamamento, com início do atendimento aos consumidores em 31 de maio de 2017 e sem prazo para terminar,  abrange 1.457 veículos importados. O carros foram colocados no mercado de consumo com numeração de chassi, não sequencial, compreendida entre os intervalos AG00282878 a AG008815, para os veículos Subaru Legacy Sedan e Outback, ano-modelo 2010, com data de fabricação de 1º de agosto de 2009 a 28 de outubro de 2009; 9S025638 a AS027549, para os veículos Subaru Tribeca, ano-modelo 2009 até 2010, com data de fabricação de 08 de agosto de 2009 a 05 de dezembro de 2009; AG098666 a AG136597, para os veículos Subaru Forester S e XT, ano-modelo 2009 até 2010, com data de fabricação de 06 de maio de 2009 a 17 de dezembro de 2009; AG062020 a AG065055, para os veículos Subaru Impreza Hatch, WRX e WRX/STi, ano-modelo 2009 até 2010, com data de fabricação de 19 de agosto de 2009 a 26 de dezembro de 2009.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança dos consumidores, a CAOA diz que "devido a uma eventual falha de vedação na estrutura do insuflador do airbag frontal do lado do passageiro, poderá haver infiltração de umidade, alterando as características químicas do propelente. Quando a bolsa for acionada em um eventual acidente, poderá existir uma força de deflagração acima do especificado, tendo como consequência o rompimento da estrutura do insuflador, que poderá projetar seus fragmentos metálicos no interior do veículo, juntamente com a bolsa deflagrada. Esses fragmentos poderão causar, em situações extremas, lesões físicas graves ou fatais aos ocupantes do veículo".

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Mais informações podem ser obtidas junto à CAOA, por meio do telefone 0800-770-2011, ou pelo site: www.subaru.com.br/recalls-subaru. Detalhes sobre a campanha de chamamento também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça e Segurança Pública – justica.gov.br.

 
ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg