Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Presos podem participar do 3º Concurso de Redação promovido pela DPU

Destaque

Presos podem participar do 3º Concurso de Redação promovido pela DPU

Gestores de educação das unidades prisionais precisam fazer a inscrição no formulário da Defensoria Pública até 29 de setembro. Tema do concurso deste ano é "Mais Direitos, Menos Grades!"
por publicado: 05/09/2017 13h59 última modificação: 05/09/2017 18h19

Brasília, 5/9/17 – Presos que frequentam o ensino regular podem participar, pela primeira vez, do "3º Concurso de Redação", promovido pela Defensoria Pública da União. Mas para que eles possam apresentar suas redações, os gestores de educação das unidades prisionais precisam fazer a inscrição no formulário da Defensoria Pública até 29 de setembro. As redações também devem ser enviadas até esta data.

Segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, 35 unidades prisionais foram  inscritas até 30 de agosto. Com o tema "Mais Direitos, Menos Grades!", o Concurso de Redação, destinado às escolas públicas de todo país, tem por finalidade promover a reflexão e o debate sobre a educação em direitos e cidadania. Possibilita aos inscritos revelar suas experiências, expectativas e as de seus familiares.

Além dos presos, os adolescentes que estão cumprindo medidas socioeducativas estão entre o público alvo do concurso de redação deste ano.  Todas as informações e materiais de apoio para realização do concurso estão disponíveis no site da Defensoria. http://www.dpu.def.br/concursoderedacao/regulamento-e-materiais

O Concurso é direcionado a alunos do ensino fundamental, médio e da Educação de Jovens e Adultos. São seis categorias e os vencedores ganharão um tablet. No caso das unidades prisionais, será premiada uma redação por estado. E o prêmio ficará sob a guarda do gestor da unidade até que o preso deixe o sistema prisional. Além da premiação, eles terão direito a 12 horas de atividades para fins de remição de pena.

A mobilização e a participação das escolas também serão reconhecidas. Três unidades receberão certificado e um valor de R$ 10 mil na Categoria-Escola. Os recursos deverão ser revertidos em equipamentos em proveito dos alunos. Professores e gestores de educação ganharão um certificado de honra ao mérito. A solenidade de entrega das premiações está marcada para 15 de dezembro.   

Redação

 

ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg