Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Nota à imprensa

Destaque

Nota à imprensa

Plano Nacional de Segurança não prevê nenhuma medida que possa beneficiar presos provisórios pela prática de crimes de corrupção contra a administração pública, inclusive na Operação Lava Jato
por publicado: 09/01/2017 16h21 última modificação: 09/01/2017 17h18

Brasília, 09/01/17 - O Plano Nacional de Segurança não prevê nenhuma medida que possa beneficiar presos provisórios pela prática de crimes de corrupção contra a administração pública, inclusive na Operação Lava Jato, conforme equivocadamente divulgado em alguns meios de comunicação.

 A realização de "Força Tarefa” de Defensores Públicos e a sugestão para mutirões de audiência de custódia, expressamente, excluem a aplicação para porte ilegal de arma e crimes de corrupção (por exemplo: concussão, peculato, corrupção passiva e ativa, etc)”, conforme divulgação na sexta-feira (6), e publicação, no mesmo dia, da íntegra da proposta de Plano Nacional de Segurança no site do Ministério da Justiça e Cidadania.

Veja aqui, os trechos do Plano Nacional de Segurança que tratam do tema.

 

ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg