Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Ministro entrega viaturas e anuncia presídio federal no Rio Grande do Sul

Destaque

Ministro entrega viaturas e anuncia presídio federal no Rio Grande do Sul

Cidade de Charqueadas, na Região Carbonífera, receberá unidade prisional, que terá capacidade para 220 presos. Ministro Osmar Serraglio também entregou 20 viaturas para reforçar segurança no RS
por publicado: 17/03/2017 16h35 última modificação: 17/03/2017 19h59

Brasília, 17/3/14 – O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) irá analisar a área indicada pelo governo do Rio Grande do Sul para a construção de um presídio federal no Estado. A cidade de Charqueadas, na Região Carbonífera, foi escolhida para receber a unidade prisional, que terá capacidade prevista para 220 presos. O anúncio foi feito nesta sexta-feira durante evento em Porto Alegre, com a presença do ministro Osmar Serraglio, do governador José Ivo Sartori, e do secretário da Segurança, Cezar Schirmer.

O MJSP informa que, entre os critérios adotados para a escolha do Rio Grande do Sul, estão o fato do Estado possuir uma área de no mínimo 25 hectares, estar próxima a uma rodovia e de um aeroporto com voos comerciais. A meta, conforme o ministro Serraglio, é de entregar a obra em um ano. Ele lembrou que serão construídas cinco unidades federais no Brasil. As localidades das demais ainda não foram definidas.

O governador Sartori destacou a integração com a União e lembrou que o presídio federal é tratado de maneira responsável. Segundo ele, Charqueadas tem todas as condições de abrigar a unidade prisional. Sartori também informou que 17 municípios manifestaram interesse em sediar a penitenciária federal.

Durante o evento, também foram entregues pelo MJSP 30 viaturas. Os veículos irão reforçar o trabalho das vinculadas da SSP no combate à criminalidade. Desse total, 14 veículos são para a Susepe, duas pick-ups para o Corpo de Bombeiros, dez para a Brigada Militar, dois microonibus e dois automóveis sedan para a Polícia Civil, além de dois para a Brigada Militar.

Ministro entrega viaturas

Créditos: Isaac Amorim/MJSP

Investimentos no RS
Conforme dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública, os investimentos da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) no Rio Grande do Sul, entre 2016 e 2017, somaram quase R$ 30 milhões. Com esses recursos, foi possível modernizar a Guarda Municipal de Canoas, a de Porto Alegre e a de Tramandaí, e ampliar o sistema de videomonitoramento de Novo Hamburgo.

Ainda em 2016, o Ministério destinou 24 viaturas customizadas para atendimento pericial em locais de crime. Desse total, dois veículos (Mitsubishi/Pajero 4x4) já foram entregues ao órgão de perícia estadual e das 22 restantes, 18 serão entregues ao Estado e quatro à perícia criminal da Polícia Federal, no Rio Grande do Sul. O investimento total em viaturas ultrapassa R$ 2 milhões.

Em coletes balísticos foram investidos mais de R$ 6 milhões e para o programa Mulheres da Paz & PROTEJO, mais de R$ 1,5 milhão. No total, a Senasp repassou mais de R$ 23 milhões para o Rio Grande do Sul.

Como parte do Plano Nacional de Segurança, foram realizadas, entre agosto de 2016 e fevereiro deste ano, a Operação Farroupilha e a Operação Plano Nacional de Segurança Pública, que começaram no dia 15 de fevereiro.

O efetivo empregado nas duas operações foi de 200 agentes da polícia ostensiva, 21 da polícia judiciária, seis profissionais de perícia e 27 viaturas. O helicóptero nacional permaneceu em apoio à operação, no período de 15 de fevereiro a 3 de março.

Neste período, foram revistados 34.430 veículos e mais de 78 mil pessoas abordadas; 116 pessoas foram presas ou apreendidas, em flagrante, entre adultos e menores; recolhidos 61 armas de fogo, 77 quilos de maconha, sete quilos de crack e um quilo de cocaína; e quatro condenados capturados.

No último dia 8 chegaram mais 102 agentes da Força Nacional, completando os 200 definidos pelo governo federal. O Plano Nacional de Segurança também trouxe investimentos em capacitações para o Estado. Nos últimos meses, 3.209 profissionais foram qualificados. O investimento total foi de R$ 163.912.

Ainda dentro do plano, em março de 2017 o Estado será comtemplado com a oitava edição do Curso de Investigação de Homicídios, ministrado por policiais do Departamento de Polícia de Miami/EUA.

Obra do IGP
No evento também foi anunciada a retomada das obras para a construção da nova sede do Instituto-Geral de Perícias (IGP), em um terreno ao lado da SSP. O investimento ultrapassa R$ 29 milhões, sendo R$ 25,9 milhões do governo federal e R$ 3,3 milhões de contrapartida do governo do Estado.

A nova sede do IGP abrigará a administração central do instituto, as direções de departamento e todos os laboratórios responsáveis pelos laudos periciais. Servirá, também, como núcleo de treinamento e intercâmbio de conhecimento para profissionais de todo o Brasil e de países vizinhos.


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg