Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Em Manaus, ministro visita Centro de Acolhimento a Imigrantes

Destaque

Em Manaus, ministro visita Centro de Acolhimento a Imigrantes

Para Jardim, problemas como a imigração em massa e suas consequências exigem a presença física das autoridades em busca por uma solução conjunta
por publicado: 10/07/2017 11h00 última modificação: 10/07/2017 11h44

Manaus, 08/07/17 - Na tarde deste sábado, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, esteve no Centro de Acolhimento ao Imigrante de Manaus, local de acolhida aos indígenas venezuelanos Warao que migram para a cidade brasileira em busca de melhores de condições de vida. 

Acompanhado do presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Franklimberg de Freitas; do secretário de Segurança Pública do Governo do Amazonas, Sérgio Fontes; da secretária de Justiça e Cidadania do Governo do Amazonas, Graça Prola; do secretário-executivo adjunto de assistência social do Governo do Amazonas, Ítalo Nonato; e da presidente de honra do Fundo de Promoção Social do Estado e Erradicação da Pobreza do Amazonas, Socorro Siqueira; o ministro reconheceu os esforços do governo estadual para atender da melhor forma a demanda dos imigrantes.

"As instalações que aqui vi são excepcionais: qualidade da comida, limpeza do local. O governo de Manaus soube inclusive respeitar e manter os traços culturais dos povos indígenas", elogiou.

Manaus é uma das cidades do norte do país que vem recebendo um grande número de indígenas da etnia Warao, além de não-indígenas da Venezuela. A Funai foi acionada desde o começo para atuar no tratamento da situação. "Estamos aqui conhecendo o trabalho que os Governos Estadual e Municipal estão fazendo em prol dos indígenas venezuelanos que atravessam sérios problemas no país. O Governo Federal está estendendo a mão para apoiar essas instituições", explicou o presidente da Funai.

Hoje, os indígenas Warao contam com apoio da secretaria municipal de saúde, que todas as terças e quintas-feiras fazem para atendimento médico. Além disso, uma empresa terceirizada fornece café da manhã, almoço e jantar, com cardápio elaborado pelos próprios indígenas. A estrutura do ginásio foi completamente adaptada para receber os Warao, inclusive com a instalação de locais para redes, solicitados por eles.

O cacique Aníbal Warao agradeceu a forma como estão sendo cuidados. "Estamos muito emocionados pelo acolhimento, amor e solidariedade dos brasileiros e honrados com a visita do ministro e do presidente da Funai".

O ministro informou que a intenção do governo é buscar mais parcerias para incentivar o desenvolvimento desses cidadãos, permitindo que eles possam se sustentar enquanto estiverem no Brasil. 

Além da capital manauara, a comitiva visitou o Centro de Imigrantes de Boa Vista (RR) na sexta-feira (07).


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg