Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Encontro da Enccla será em novembro

Destaque

Encontro da Enccla será em novembro

De 20 a 24 de novembro, diversas instituições brasileiras e a sociedade civil estarão reunidas na Paraíba para discutir medidas de combate aos crimes que afetam diretamente o Estado brasileiro
por publicado: 26/10/2017 16h53 última modificação: 26/10/2017 19h41

Brasília, 26/10/17 – De 20 a 24 de novembro, diversas instituições brasileiras e a sociedade civil estarão reunidas na Paraíba para discutir medidas de combate aos crimes que afetam diretamente o Estado brasileiro. A 15º edição da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla) apresentará novas propostas de ações futuras e fará um balanço do que foi feito no último ano. 

Os integrantes do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) da Enccla reuniram-se nesta quarta-feira (25) para validar os relatórios das ações desenvolvidas em 2017. O grupo analisou também as propostas de ações que serão desenvolvidas em 2018, previamente analisadas nas reuniões dos grupos de trabalho de combate à corrupção e de combate à lavagem de dinheiro, que ocorreram em 11 de outubro. 

No total, a Enccla recebeu 22 propostas de ações, somando-se as apresentadas pelas instituições participantes, por integrantes da sociedade civil e pelas redes estaduais de controle. 

As propostas são previamente analisadas pelo GGI e posteriormente discutidas com todos os integrantes da Enccla, durante os trabalhos da 15ª Reunião Plenária da Enccla. Durante o evento, todos os órgãos debatem os temas propostos, apresentam outros e, ao final, entram em consenso sobre quais as ações serão desenvolvidas pela Enccla no próximo ano. 

“Neste momento, o GGI tem a função de lapidar as propostas, verificar se em anos anteriores outras ações já trataram de assuntos similares ou mesmo juntar ou separar ações, pensando na melhor forma de desenvolvimento da temática, frente às necessidades de combate à corrupção e à lavagem de dinheiro que se apresentam em determinada área”, explica Luiz Roberto Ungaretti, diretor do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI) da Secretaria Nacional de Justiça (SNJ), que coordena dos trabalhos da Enccla. 

Quanto às ações desenvolvidas em 2017, os integrantes do GGI analisaram os resultados e os relatórios finais apresentados, que também serão aprovados por todos os integrantes da Estratégia no primeiro dia da Reunião Plenária. Na oportunidade, também foram apresentados os resultados das ações de capacitação desenvolvidas pela Enccla no ano de 2017 e debatidos outros temas, como o ingresso de novos integrantes na Estratégia. 


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgSOUNDCLOUD_ICON_2103.jpgINSTAGRAM_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg