Você está aqui: Página Inicial > Notícias > MJ efetiva duas extradições

Destaque

MJ efetiva duas extradições

Nacionais da Sérvia e da Colômbia foram extraditados pelos crimes de tráfico de drogas e por furto e estupro, respectivamente
por publicado: 26/01/2018 18h42 última modificação: 26/01/2018 18h46

Brasília, 26/1/18 – O Ministério da Justiça efetivou duas extradições nesta semana. Na quarta-feira (24), o Brasil extraditou, a pedido do governo da Sérvia, Nesic Goran ou Goran Nesic, por ter sido sentenciado em seu país natal pelo crime de tráfico de drogas.

O extraditando chegou a se naturalizar brasileiro, porém utilizando documentos falsos, fato que não impediu sua extradição, uma vez que a Constituição Federal possibilita a extradição de naturalizados, em caso de crime comum praticado antes da naturalização ou de comprovado envolvimento em tráfico ilícito de drogas. Após a análise do caso, o pedido de extradição foi deferido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e a entrega do extraditando ao governo sérvio foi autorizada pelo Ministério da Justiça.

Na quinta-feira (25) foi efetivada a extradição ativa, a pedido do Brasil, do colombiano Wilson Alexander Velasco Muñoz, que foi detido para fins de extradição na Colômbia, seu país natal, em janeiro de 2017, por solicitação do Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Belo Horizonte/MG. O extraditando responderá pelos crimes de furto e de estupro e teve sua extradição deferida pelo Poder Judiciário colombiano, após o governo brasileiro apresentar o pedido formal de extradição.

Os procedimentos para que os processos fossem efetivados foram realizados pela Autoridade Central Brasileira, exercida pelo Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI) da Secretaria Nacional de Justiça do MJSP, com auxílio da Polícia Federal/Interpol e do Ministério das Relações Exteriores.


ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg