Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Celular foi produto mais reclamado em promoções da Black Friday 2017

Destaque

Celular foi produto mais reclamado em promoções da Black Friday 2017

Dados são da plataforma Consumidor.gov. Motivos das queixas vão do descumprimento de oferta e venda e publicidade enganosa à demora na entrega
por publicado: 15/12/2017 17h57 última modificação: 19/12/2017 12h20

Black Friday

 

Brasília, 15/12/17 - O telefone celular foi o assunto que liderou a abertura de reclamações no período da Black Friday deste ano (2017), com 13,4% das queixas, de acordo com dados da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senacon/MJ) relativos ao período de 23 a 30 de novembro.

Os principais problemas que motivaram a insatisfação do consumidor foram os itens “descumprimento de oferta, serviço não fornecido, venda e publicidade enganosa” (30,3% dos registros), seguido de “não entrega e demora na entrega de produto” (21,7%) e “dificuldade e atraso na reembolso/devolução de valores pagos” (12,1%); revelam os registros do Sistema de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) no mesmo período.

Depois do celular também se destacaram entre os que motivaram a abertura de reclamações os produtos de vestuário (roupa, calçados, joias, bijuterias, malas, bolsas e outros), em segundo lugar; e, de esporte e lazer, em terceiro, como equipamentos de ginástica, camping, náutica, caça, pesca e outros. A relação completa está nos gráficos abaixo.

Foram abertas 64 reclamações relativas à Black Friday, das quais 29 não foram resolvidas e referem-se a: 1) compras aprovadas, mas posteriormente canceladas pelo fornecedor; 2) oferta enganosa, com diferenças de preço na primeira tela da oferta, bem como em mala direta (folheto); 3) falha na informação do CEP, que impediu a conclusão das compras devido ao estoque limitado por região; e, 4) aumento do preço na data das promoções.

A data promocional caiu na sexta-feira, 24, três semanas atrás. O Sindec aponta Lojas Americanas/B2W, Pão de Açúcar e Mercado livre, Netshoes, Máquina de Vendas, Magazine Luiza, Walmart, Kabum, Carrefour e Electrolux como os grupos econômicos mais demandados nas reclamações do consumidor. Veja abaixo os principais indicadores relativos à Black Friday:

 

Gráfico 1

 

Grafico 2

 

Gráfico 3

 

Gráfico 4

 

 

ASSINATURAMJ_PORTAL_0803_PARTE BCA.JPGASSINATURAMJ_PORTAL_0803.jpgFACEBOOK_ICON_2103.jpgYOUTUBE_ICON_2103.jpgTWITTER_ICON_2103.jpgFLICKR_ICON_2103.jpg